MYNETFLIX

Os melhores filmes Netflix:
A Terra é Plana

A Terra é plana! Pelo menos é o que pensa um grupo que têm aumentado em todo o mundo denominado “Terraplanistas”. Eles defendem o formato plano da Terra e são invariavelmente ridicularizados pela rede. Apesar disto, trazem à tona questionamentos que fazem pensar. O documentário “A Terra é Plana”, para decepção de muitos, não veio para esclarecer ou comprovar essa tese. O foco é mais em cima de quem são, como a celebridade Mark Sargent. Para quem quiser mais informações e ir mais a fundo, “ou mais ao plano”, a internet é a melhor fonte.

 

Terra Plana. Por muito tempo esta era a verdade.

No princípio, Deus criou o céu e a terra… Deus disse: “Faça-se um firmamento entre as águas, separando uma das outras”. E Deus fez o firmamento. Separou as águas debaixo do firmamento, das águas acima do firmamento… Ao firmamento Deus chamou “céu”. Deus disse:

Deus criador
Deus cria o sol e lua.

“Juntem-se num único lugar as águas que estão debaixo do céu, para que apareça o solo firme”… Ao solo firme Deus chamou “terra” e ao ajuntamento das águas, “mar”… Deus fez os dois grandes luzeiros, o luzeiro maior para presidir ao dia e o luzeiro menor para presidir à noite, e também as estrelas. Deus colocou-os no firmamento do céu para iluminar a terra…

O texto acima é um resumo das primeiras palavras da Bíblia do capítulo denominado Genesis. Nele narra como Deus criou a Terra, o Sol, a Lua e as estrelas. Por muito tempo esta ideia dominou o conhecimento humano, sendo um dos aspectos relacionado ao criacionismo. Também foi associado a este pensamento o geocentrismo. Esta teoria afirma que a Terra e o centro do Universo e tudo gira ao seu redor. Acreditava-se ainda, mesmo em culturas isoladas entre si como egípcios, maias, gregos, romanos, incas, que a Terra fosse plana e fixa em um oceano cósmico.

O mito da Terra plana. Uma verdade absoluta.

O mito da Terra plana era considerado como verdade absoluta, muito mais pela força da igreja. A ideia era totalmente baseada nos textos bíblicos, que evidentemente eram protegidos por ela. Poucos se atreviam a se opor aos seus dogmas, ao risco de ser queimado vivo condenado por heresia.

A instituição exerceu influência por um longo período histórico. O poder até a idade média era medido de acordo com as posses de terra. A Igreja era que detinha a maior quantidade e assim influenciava em tudo. Praticamente ditava como as pessoas deveriam nascer, viver e morrer. Tudo girava em torno da Igreja. Política, economia, a sociedade e até reis se curvavam diante dela.

As coisas começaram a mudar com declínio do império romano, depois de anos de perseguição, tinha oficializado a religião católica. Os fundamentos perdidos da filosofia grega começavam a se difundir pelo mundo, até o período clássico. Aristóteles (334 a 322 a.c.) foi quem mais influenciou na mudança de pensamento. Suas teses e observações em bases empíricas foram tão bem elaboradas que inevitavelmente poderia ser ignorado.

Outro fator para o reconhecimento da Igreja é que Aristóteles considerava a Terra como centro do Universo que de alguma foram colaborava com as ideias cristãs.

Youtube é um dos maiores conspiradores da Terra Plana.

Pesquisadores da Texas Tech University, nos Estados Unidos, chegaram a conclusão que o YouTube é um dos principais responsáveis em convencer pessoas de que a Terra é plana. O interessante é que muitos críticos da Teoria Terra Plana entravam no site para criticar e ridicularizar os vídeos. Ironicamente, depois de assisti-los acabavam convencidos do contrário.

Veja alguns vídeos sobre a Teoria da Terra Plana e talvez, se ‘convença’ também.

A professora Asheley Landrum, da Texas Tech University que conduziu o estudo, afirma que há muita informação útil no YouTube, mas também desinformação. Landrum ainda sugere que para combatê-la basta inundar a plataforma com informação de qualidade. As pessoas que acreditam na ciência deveriam produzir seus próprios vídeos no YouTube como contra-argumento para os que advogam por teorias conspiratórias, como a da Terra Plana.

Yuri Gagarin declarou: “A Terra é azul”.

Nossa geração tem difundido o conceito do globo girando onipresente como única possibilidade de existência. Desde criança, nos primeiros anos escolares, lá estão as imagens do Universo e seus “sistemas solares”. Tudo é esférico em concordância com o novo paradigma. Com testemunho de Yuri Gagarin, o primeiro homem a ver a Terra do espaço, declarou: “A Terra é Azul”, tudo passou a ser comprovado fotograficamente.

Mas nem todos concordam com estas ideias e tentam provar que tudo não passa de grande farsa. É o que pensava o inglês Samuel Shenton, que fundou em 1956 a Sociedade da Terra Plana (Flat Earth Society). Mas tarde a sociedade foi liderada por Charles K. Jonhson, até o ano de 2001, quando faleceu. Eugenie Scott chamou o grupo de um exemplo de “teologia extrema bíblico-literalista: a terra é plana porque a Bíblia diz que é plana, independentemente do que a ciência nos diz”.

O que os terraplanistas defendem?

Os grupos que defendem o formato plano da Terra são invariavelmente ridicularizados pela rede, sendo tratados como malucos. Apesar disto, trazem à tona questionamentos que fazem pensar e muitos dispensam tempo para confrontar.

Para os Terraplanistas a Terra além de plana, possui no centro o Ártico (Polo Norte). A Antártica limita toda a borda do plano onde se ergue um muro de gelo que segura toda a água do planeta (Ver leis de níveis de água). Afirmam ainda que a Terra é coberta por um domo chamado de Firmamento. Dizem ainda que as estrelas e os dois luzeiros, Sol e Lua têm o mesmo tamanho, 51 quilômetros de diâmetro e orbitam em elipses de 4,828 Km sobre a Terra Plana. Negam a existência da gravidade e que a densidades dos corpos são responsáveis por mantê-los presos à superfície ou flutuarem.

Terra Plana e a teoria da conspiração.

Gravura Flammarion (1888), limite de uma Terra plana
Gravura Flammarion (1888), limite de uma Terra plana

Se a Terra é plana, o que faremos com as provas irrefutáveis da esfericidade dela. Dizem que tudo não passa que mais uma teoria da conspiração arquiteta pela Nasa e outras agências de vários governos. Em um pacto global falsificam fotos, manipulam GPS, povoam a orbita terrestre com satélites fantasmas. Simulam missões interplanetárias até mesmo as viagens a Lua. Tudo filmado em estúdios de cinema e ainda com imagens distorcidas por lentes grande angulares para evidenciar a curvatura da Terra. Um ex-funcionário da NASA Matthew Boylan teria confessado que ele mesmo teria criado algumas imagens.

Mas por que razão a Nasa teria este trabalho para esconder a Terra Plana? Além do mais, o conceito de globo surgiu milhares de anos antes mesmo que sonhássemos com a agência espacial.

Porque a Terra é plana?

1. Não poderíamos enxergar alguns monumentos ou montanhas a determinada distância por causa da curvatura da Terra. Segundo alguns cálculos matemáticos seria impossível ver a Estátua da Liberdade a uma distância de 90 km, com acontece. Isto iria colocar a estátua a 631 metros abaixo do horizonte;

2. Os navios que somem no horizonte a centenas de quilômetros, ainda estão lá e podem ser vistos utilizando lentes poderosas, o que seria impossível por causa da curvatura da Terra;

3. A curvatura da Terra é possível ser observada a partir dos 25 km de altitude, segundo os globalistas. Mas alguns experimentos com balões em altitudes maiores não há sinal de tal curvatura. O experimento se repete em vários vídeos;

A ilusão da perspectiva do Sol

4. Por que não vemos o Sol se movendo circulando sobre nossas cabeças em linha reta, como demonstrado nas ilustrações da Terra Plana? A razão segundo os terraplanista seria por conta da perspectiva. Por causa do ponto de fuga temos a ilusão dele surgir no nascente, subir e descer no poente;

As incríveis teorias da Terra Plana nos filmes

O SHOW DO TRUMAN
O SHOW DO TRUMAN

Nada em que você acredita pode ser verdade.

Doador de Memórias
O Doador de Memórias

As memórias de um mundo quase perfeito.

UNDER THE DOME
UNDER THE DOME

Uma enorme e transparente cúpula indestrutível.

13° ANDAR
13° ANDAR

Onde nossa própria realidade será questionada.

A Indústria cinematográfica tem se aproveitado das incríveis teorias da Terra Plana e revelado do seu jeito os segredos. O filme Show de Truman é um belo exemplo. A trama narra a história de uma rede de TV que resolve produzir um novo reality show. Truman (Jim Carrey), o personagem principal não tem noção de sua participação. Toda a sua vida é monitorada desde a sua concepção no ventre materno. Uma cidade inteira é construída especialmente para o programa. Tudo é artificialmente controlado; as pessoas, o dia e noite, sol e lua, até o clima. Na véspera de completar 30 anos ele começa a perceber que há algo errado naquele lugar. Desafiando todos os seus traumas, ele consegue escapar e vai até os confins do seu mundo. Lá ele descobre toda a farsa. Nada em que ele acreditava era real.

No filme, o personagem que faz as vezes do criador, uma vez indagado como Truman passou tanto tempo sendo enganado, concluiu: As pessoas são condicionadas a acreditar naquilo que lhe passam como verdadeiras.

Somos únicos no Universo.

Há uma discussão imensa na internet quando exploramos o assunto Terra plana versus Globo terrestre. Cada um tem a sua teoria e provas que arrastam os menos céticos de um lado para outro. Mas uma destas verdades é chocante. Existem muitos mistérios no Universo que são ocultos da nossa percepção pelos os mais variados motivos. Uma deles é nos afastar do criador, base da Teoria da Terra Plana. Ao contrário, ela coloca o homem no centro da criação. Devolve a ele sua verdadeira importância e poder. E por mais que os cientistas tentem provar e vasculhar pelo Universo, em bilhões de anos,nada foi encontrado. Somos únicos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

//Se link vier do painel-filmes e houver conteúdo