TUGAFLIX

Os melhores filmes Tugaflix:
Venom

A Sony detentora dos direitos sobre o Homem-Aranha produziu o filme solo do seu arqui-inimigo Venom. Mas como não poderiam citar o nome do aracnídeo (força contratual da Marvel), ou seja, inventaram outra história sobre as origens do vilão. Se visto por este lado, uma diversão para os fãs, Venom até que sai bem e torna-se portanto um excelente programa.

A Origem de Venom – a primeira versão.

O personagem Venom surgiu pela primeira vez na edição 252 da HQ The Amazing Spider-Man publicado em maio de 1984. A revista estava incluída em uma série de outras publicações chamada de Guerras Secreta. O enredo das histórias se baseavam em uma entidade cósmica chamada Beyonder que cria um planeta e transporta para lá os seres mais poderosos da Terra e dividindo-os em dois grupos. Desta maneira promove uma competição, uma guerra, entre os maiores heróis e vilões do universo Marvel.

aranha

Entre os heróis está o Homem-Aranha, que encontrou, no planeta criado por Beyonder, o simbionte alienígena que posteriormente se tornaria o seu famoso uniforme negro. Empolgado com uma roupa nova, o Homem-Aranha consequentemente traz este uniforme de volta à Terra e continua a usá-lo em suas aventuras, mesmo após o fim da guerra de Beyonder.

Em artigos do Venom, os termos simbionte e/ou simbiose são usados como palavras corriqueiras. Pelo menos nas histórias em quadrinhos do Venom todo mundo sabe o que é. Mas fora isto, muita gente não saberia responder o seu significado. Por outro lado, a maioria das pessoas já viram um simbionte terráqueo e se espantam em saber que estas criaturas existem.

Simbiose, em biologia, é uma associação de dois seres vivos, duas plantas ou uma planta e um animal, na qual ambos os organismos recebem benefícios, mesmo que em proporções desiguais. Em suma, simbiose significa a vida em comum. É uma associação, entre dois seres vivos, que levam uma vida juntos. É um concubinato. Na natureza por exemplo, as raízes das orquídeas, de aparência esponjosa, possuem fungos que são exemplos de simbioses.

Nos cinemas Venom surgiu no Homem-Aranha 3.

O novo uniforme do Homem-Aranha (que até então não sabia que este era uma criatura viva) tinha propriedades regenerativas e adaptativas, que aumentava as habilidades de Peter Parker, mas por outro lado potencializava sua agressividade. Assim, ao ter consciência da real natureza de seu “uniforme”, o Homem-Aranha livrou-se do alienígena, logo após descobrir a fraqueza por ondas sonoras do simbionte.

A separação entre o Homem-Aranha e o simbionte alienígena ocorreu na torre da Catedral da Virgem Maria, em Manhattan. Curiosamente neste mesmo local, procurando um novo hospedeiro, a criatura encontrou Eddie Brock, um jornalista fracassado do Clarim Diário, que culpava o herói aracnídeo pela sua ruína. Sentindo o ódio de Brock por seu inimigo, o simbionte ligou-se ao seu corpo, formando um ser de mente composta e revelando a identidade secreta do herói. Desta forma, nasceu Venom que deu à Eddie poderes similares aos do Homem-Aranha, como força, resistência, agilidade e reflexos ampliados – seu único objetivo; matar o Aranha.

Porque Venom teve seu filme solo.

Alguns anos atrás, o negócio da Marvel dos quadrinhos não ia bem. A empresa estava quebrando e por isso precisava levantar fundos para sobreviver. Depois do pedido de concordata, ofereceu a Sony Pictures quase todos os seus personagens por cerca de US$ 25 milhões. No pacote incluía personagens como Homem de Ferro, Thor, Homem-Formiga, Pantera Negra e outros mais. No entanto a Sony Pictures teria dito: “Ninguém liga para os outros personagens da Marvel. Queremos apenas o Homem-Aranha”.

A Marvel procurando alternativas vislumbrou a oportunidade de levar seus heróis para a televisão e cinema. Aos poucos o negócio foi dando certo e grandes sucessos foram surgindo. Atualmente a marca Marvel e seus personagens pertencem a Disney, que passou a fazer diversos filmes que rendem bilhões de dólares.

Mas nem todos personagens da Marvel são da Disney. Estavam ansiosos em rever a posse no Homem-Aranha. Por isso fecharam um acordo com a Sony, detentora dos direitos do Aranha, para fazer alguns filmes com o personagem.

A Sony espertamente cedeu apenas os direitos sobre o personagem Homem-Aranha. Ficou com o domínio do chamado Aranhaverso. Em outras palavras possibilita que o estúdio desenvolva filmes de cerca de 900 personagens, entre todas as figuras no universo do Homem-Aranha, incluindo aliados e vilões. E aí que entra o filme solo do Venom e outros projetos da Sony Pictures neste segmento.

Agora é com Venom – o anti-herói.

Em outubro de 2018, a Sony Pictures lançou o filme solo Venom. Como ainda tinham um acordo com a Marvel, não poderiam nem citar o nome do Homem-Aranha (e apenas a ele) no filme tiveram que improvisar outra origem para o vilão. Provavelmente, ficou subentendido que cientistas foram até aquele planeta criado por Beyonder e trouxeram aprisionados exemplares de simbiontes alienígenas. Posteriormente alguns deles escaparam e saíram a procura de hospedeiros.

O personagem Eddie Brock, também um jornalista fracassado (digamos, injustiçado) no filme, acaba sendo possuído por um dos simbiontes, se transformando no Venom. Apesar de ser um anti-herói, Venom caiu nas graças do público, por seu senso de humor e sua simetria com Eddie que quer fazer justiça.

O filme não teve uma boa recepção da crítica que observaram muitos furos no roteiro e acabaram elegendo a obra como mero produto comercial em que a Sony, depois de não enxergar a oportunidade de ser dona da Marvel, querer faturar algum no universo dos super-heróis, hoje em alta.

Mas a bilheteria fala mais alto. O filme agradou ao público que lotou as salas de cinemas, rendendo um bom lucro para a Sony, que já fez seus planos para a sequência. Em uma das cenas pós-créditos de Venom, Eddie Brock (Tom Hardy) entra em uma cela para entrevistar Cletus Cassidy (Woody Harrelson), o maníaco homicida que, combinado a um simbionte, se tornará o Carnificina.

Na história original, Venom e o Homem-Aranha deixam suas desavenças de lado e se unem para combater o Carnificina. E bem improvável que isto aconteça em Venom 2. A menos que a Sony e a Marvel façam mais algum acordo milionário. Vamos aguardar.

Quer mais de Venom, Que tal acessar o site do vilão. Lá você encontra a versão em quadrinhos da sequência do filme (Comic Book) em que o anti-herói foge de moto perseguido por carros e drones em meio de tiros e explosões. Na janela acima, que abrimos direto para o site, você pode conferir.

VEJA OUTROS DESTAQUES TUGAFLIX

2 comentários a “Batman: O Cavaleiro das Trevas”

  1. Aly Chiman diz:

    Hello there, My name is Aly and I would like to know if you would have any interest to have your website here at webbin.com.br promoted as a resource on our blog alychidesign.com ?

    We are updating our do-follow broken link resources to include current and up to date resources for our readers. If you may be interested in being included as a resource on our blog, please let me know.

    Thanks, Aly

  2. Aly Chiman diz:

    Hello there,

    My name is Aly. Would you have any interest to have your website here at webbin.com.br promoted as a resource on our blog alychidesign.com ?

    We are in the currently updating our do-follow broken link resources to include current and up to date resources for our readers.

    If you may be interested please in being included as a resource on our blog, please let me know.

    Thanks,
    Aly

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *