TUBEVISOR

Kombi - fim de linha

A ÚLTIMA KOMBI

TUBEVISOR | ATUALIDADES

Em agosto de 2013 a Volkswagen anunciou a saída de produção da nossa velha e conhecida kombi. O motivo; além do peso da idade e pouca novidade nos últimos anos, o utilitário não se adequa as novas normas que exigem que todos os veículos brasileiros produzidos a partir de 2015 saírem de fábrica com freios ABS e air bags.

Despedida em alto estilo.

A última

A Kombi atravessou durante décadas muito presente na vida dos brasileiros sem mudar muito o seu projeto original. O mesmo motivo que a manteve viva durante tanto tempo, também foi que provocou o seu fim. Sem espaço para mudar e adaptar as novas exigências da legislação e mercado, sua produção finalmente foi colocada fora de linha.

A última Kombi foi produzida em dezembro de 2013. Para marcar a data, a Volkswagem resolveu fazer uma despedida a altura da estrela dos utilitários. Criou um projeto que envolvia além de uma grandiosa campanha de marketing, que atraiu a atenção do mundo inteiro.

O ápice da comemoração foi produção de uma série especial que chamou de Kombi Last Edition. Especialmente desenhada para colecionadores, o modelo traz itens exclusivos retrô e esmerado acabamento. Por este motivo, justificaram o preço salgado de R$ 85.000,00, o dobro do valor médio de uma normal, assim é difícil ver uma rodando por aí, além disto, a produção foi limitada 1200 unidades.

Do evento, sobrou apenas o vídeo promocional, que pode ser assistido no Tubevisor. Do belíssimo site , onde deixou seu testamento com seus últimos desejos, um livro contendo histórias de seus simpatizantes, apenas uma foto da querida senhora, se despedindo, “Fui!”.

Kombi. Fui! O que restou do site especial

Veja algumas curiosidades. Você sabia que…

Kombi e Fusca - Decendentes diretos

A KOMBI É PARENTE DIRETO DO FUSCA?

O projeto da kombi baseia na mesma plataforma do Fusca e ambos têm os mesmos 2,40m entre os eixos. Em outras palavras ela é quase do mesmo tamanho do fusca. As diferenças do quase são a largura, altura e 30 cm de comprimento a mais.

Kombi - mais de 1,5 milhões de unidades vendidas

A KOMBI FOI O PRIMEIRO VOLKSWAGEM PRODUZIDO NO BRASIL

A Kombi também foi o que passou mais tempo em produção no Brasil, com mais de 1,5 milhões de unidades vendidas.
Com baixo custo de manutenção, muitos afirmavam que com uma chave de fenda arame, qualquer problema era resolvido.

Nomes e apelidos da Kombi

A KOMBI TEM VÁRIOS NOMES E APELIDOS PELO MUNDO.

No Brasil seu nome surgiu da expressão alemã, Kombinationsfahrzeug que no idioma germânico significa veículo combinado ou combinação do espaço para carga e passeio. Na Europa ela é conhecida como “Transporter“.

Kombi no cinema

NO CINEMA A KOMBI TEVE PARTICIPAÇÕES MARCANTES.

No sucesso “De volta para o futuro” uma participação especial, só que do lado de terroristas. Ela persegue os heróis da aventura, que só escapam por ter do seu lado uma máquina do tempo instalada em um possante DeLorean.

kombi conhecida como Transporter

A VERSATILIDADE, PRATICIDADE E CARISMA DA KOMBI AJUDARAM NA SUA POPULARIDADE.

Usado em qualquer tipo de trabalho, desde de táxi, Escolar, Food Truck, carro da polícia, bombeiros e até dos Correios, ela era um dos utilitários mais usados no Brasil para transporte de cargas e pessoas.

Kombi e a Pequena Miss Sunshime

EM “PEQUENA MISS SUNSHIME“, OUTRO SUCESSO DO CINEMA.

No filme ela recebe uma destaque maior, até como um dos personagens principais, já que boa parte do filme se passa dentro de uma Kombi amarela com defeito, onde membros de uma família típica americana tentam transpor suas diferenças.

Dia Nacional da Kombi.


Dia da Kombi

Em setembro de 2018, a velha senhora completou 60 anos, comemorados por a legião de fãs. Na verdade ela é bem mais velha. Seu dia de nascimento exato é 23 de abril de 1947. Foi quando, seu pai, o holandês Ben Pon rascunhou o primeiro esboço, apesar do lançamento oficial foi no Salão de Genebra de 1950. Alguns anos depois, em 2 de setembro de 1957, ela passava a ser produzida no Brasil, marco comemorativo considerado o Dia Nacional da Kombi brasileira.

A nova Kombi. Uma nova história.


Para Volkswagem, a Kombi já é passado. Deixou o saudosismo para centenas de clubes espalhados pelo mundo. Uma geração se passou, mas a sua história não chegou ao fim.

A princípio o espaço deixado pela Kombi, seria ocupado pelo utilitário Transpoter T5, como é conhecida em alguns países, mas a ideia não se popularizou.

Agora a empresa alemã já deu sinal verde para a produção do ID Buzz. O veículo é apontado como sucessora da nossa Kombi, por ter linhas muita parecidas. Mas o consumidor brasileiro não pode se empolgar. Apesar do alvoroço provocado, a nova Kombi é para outros mercados, como o americano. Até o nome foi pensando neles. Bus, é como a Kombi é conhecida por lá e o som fonético do nome Buzz, lembra o barulho dos motores elétricos. Não há previsão de produção no Brasil. Se assim, só importando.

Anunciado em 2018, o início da produção está marcado para 2022. Os quatro anos de intervalo é porque o ID Buzz, hoje ainda é um conceito, isto é, apenas um protótipo. O tempo é para que todas as ideias concebidas, como tração totalmente elétrica, sejam suficientes e comercialmente desenvolvidas. Até lá, provavelmente então, será outra história.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *